Novas medidas são tomadas pela prefeitura para conter o

coronavírus em Campinas

Paulo Medina

16/03/2020

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, anunciou nesta segunda-feira, 16 de março, medidas para conter a disseminação do corona

vírus na cidade. Entre as determinações estão o fechamento das escolas públicas e dos equipamentos culturais públicos; suspensão

das cirurgias eletivas e de férias e licenças prêmio dos profissionais da saúde; e restrição do atendimento ao público no Paço Municipal.
 
Para a iniciativa privada, as recomendações são para que lojas, shoppings e outros serviços alterem os horários de funcionamento para diminuir aglomerações, em especial no transporte coletivo, além do fechamento de cinemas, teatros e bares. O objetivo de todas essas medidas, que serão publicadas nesta terça-feira, 17, no Diário Oficial, é reduzir a circulação de pessoas na cidade.
 
“O bem estar da vida das pessoas é nossa prioridade. Campinas está implementando ações e se antecipando no enfrentamento dessa doença. A situação é muito preocupante e precisamos da união de todos para vencer essa batalha”, disse Jonas.
 
O prefeito salientou, ainda, que para a iniciativa privada, no momento as medidas estão sendo recomendadas, mas isso pode mudar, dependendo de como ficará a situação na cidade. “Não descarto utilizar minha autoridade sanitária para transformar as recomendações

em determinações, ou seja, determinar o fechamento de comércios que não sejam essenciais no momento”, completou.
 
Na ocasião, o prefeito também confirmou mais um caso da doença, o segundo da cidade. Trata-se de uma mulher, de 48 anos, que

viajou para a Europa e retornou para a cidade no dia 8 de março. Depois do isolamento domiciliar, ela teve que ser hospitalizada.

O caso, até o momento, é considerado estável. Além dos dois casos confirmados, a cidade conta com 83 suspeitos e 36 descartados.
 
Além do prefeito, estavam presentes as seguintes secretarias: Saúde; Educação; Recursos Humanos; Esportes e Lazer; Cultura; Jurídico; Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos; Chefia de Gabinete; Comunicação, além da Rede Mário Gatti.
 
 
Rede de atendimento
 
O prefeito também anunciou que vai encaminhar ofício ao governador do Estado, João Doria, para que o município possa utilizar o prédio do AME (Ambulatório de Médico de Especialidades) como uma unidade exclusiva de atendimento aos pacientes com coronavírus.
 
“O AME é um prédio novo, de três andares, já todo equipado, que está previsto para ser inaugurado no dia 7 de abril. Diante da realidade dos fatos, vamos fazer essa solicitação ao governador”, completou.
 
Ainda sobre a rede de saúde da cidade, Jonas ressaltou que a rede municipal conta com mais de 1.500 médicos, além das instituições particulares.
 
Confira as medidas:
 
1 – Escolas (municipais e privadas)


- A partir do dia 23, próxima segunda-feira, todas as escolas públicas e privadas de Campinas serão fechadas. Na rede pública municipal, são 206 unidades, com 64 mil alunos.


- De hoje, (16/03) até sexta-feira (20/03), quem puder não deve ir à escola. Quem estiver com sintomas de gripe, não deve ir de jeito nenhum. Não será computada falta. Os profissionais da rede municipal de educação vão trabalhar normalmente, dando orientações aos pais e atendendo aos alunos que forem à escola. Os alunos da EJA (Educação de Jovens e Adultos) com mais de 60 anos de idade não devem ir à escola. As merendas serão servidas normalmente de hoje até sexta-feira.
 
2 – Comércio (Lojas e shoppings centers)


- A recomendação é para alterar os horários de funcionamento de forma a diminuir as aglomerações no transporte público. Haverá reunião com entidades representantes dos lojistas para definir a colocação em prática desta medida.

 
3 – Área cultural e eventos (públicos e privados)
 
- Determinar o fechamento de teatros, museus e bibliotecas públicos, e recomendar o mesmo para a iniciativa privada, incluindo cinemas, bares, casas noturnas, shows, seminários, palestras e outros eventos do gênero.
 
4 – Profissionais da saúde/ serviço à população
 
- O número 160 será exclusivo para atender às pessoas sobre o coronavírus.
 
- Suspensão de férias e licença-prêmio para os profissionais (o secretário de Saúde e o presidente da Rede Mário Gatti vão deliberar

sobre as unidades).
 
5 – Assistência Social
 
- Os serviços de convivência de idosos serão suspensos a partir de 23 de março.
 
- Os serviços que atendem crianças e adolescentes vão permanecer abertos, mas, quem puder, a Prefeitura pede para não ir.
 
- Os locais de atendimento à população de rua continuam funcionando.
 
6 – Paço Municipal e equipamentos públicos
 
- Cada secretaria e autarquia vai decidir sobre trabalho remoto (em casa) de seus servidores.
 
- Evitar a entrada de mais de quatro pessoas por elevador.
 
- Restringir acesso do público ao Paço Municipal. Só permitir se for estritamente necessário e autorizado pela secretaria procurada.
 
- Realizar trabalho do Porta Aberta e Atendimento ao Cidadão (Agiliza Campinas) de maneira remota. Se não for possível, agendar de forma a não haver mais de quatro pessoas por vez.
 
7 – Empregadores e empresas de todos os setores
 
- Trabalho em casa para as funções em que for possível.
 
- Considerar a implantação de horas de trabalho escalonadas para reduzir aglomerações dentro da empresa e no transporte público.
 
- Mandar para isolamento domiciliar qualquer funcionário com sintomas respiratórios por 14 dias.
 
- Evitar viagens de avião ou ônibus.


 
Outras ações tomadas na semana passada
 
Comitê Intersetorial
 
- Lembrando que na semana passada o prefeito Jonas Donizette já havia criado o Comitê Intersetorial de Enfrentamento ao Coronavírus, diretamente ligado ao seu gabinete.
 
- O prefeito também liderou uma reunião com prefeitos de todo o Brasil e Governo Federal.
 
- Na sexta-feira, medidas necessárias já haviam sido tomadas: suspensão de todos os eventos com grande presença de público, governamentais, esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos, comerciais, religiosos e outros com concentração próxima de

pessoas.
 
- Entre os eventos estão a partida entre Guarani e Ponte Preta, que acontecerá hoje (segunda-feira) com os portões fechados (sem

torcida), a Corrida da Lua, a Maratona Aquática (ambas que seriam realizadas no fim de semana que passou), a apresentação da Orquestra Sinfônica na Paróquia São Paulo Apóstolo, entre outros.
 
- A Secretaria de Esportes e Lazer suspendeu por tempo indeterminado as 112 aulas destinadas ao público da terceira idade.

Jornal Legal © 2020 - Todos os direitos reservados