Ligação entre Ouro Verde e Campo Grande não será pavimentada

Paulo Medina

27/09/2019

A Avenida Nelson Ferreira de Souza, que liga o Ouro Verde ao Campo Grande, não será mais pavimentada por um empreendimento imobiliário porque ele não saiu do papel. A informação é da Prefeitura de Campinas, que há três anos havia anunciado a melhoria no local.

“Sobre as obras de asfaltamento da Avenida Nelson Ferreira de Souza, informamos que a obra seria realmente executada como uma contrapartida de um empreendimento imobiliário no local e feito pela construtora. No entanto, este empreendimento não saiu do papel e, por isso, as obras não foram executadas”, alegou a Prefeitura, que nada diz se irá pavimentar o local com recursos próprios.

O asfaltamento da ligação entre o Jardim Marajó no Ouro verde e o Jardim Florence no Campo Grande é um pedido

antigo e muito esperado por moradores. As obras estavam orçadas em R$ 2,5 milhões.

As obras ficariam sob a responsabilidade da construtora MRV, que tentava emplacar um empreendimento, negociando inclusive a aquisição de um trecho do terreno pertencente a particulares.

A aquisição da área e a pavimentação da via chegaram a serem previstas em um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado pela MRV com o Ministério Público como contrapartida ao loteamento Reserva das Flores, do programa “Minha Casa Minha Vida”.

O trecho da avenida a ser pavimentado é 1,2 quilômetros. Poeira intensa na estiagem e lamaçal em meio às chuvas,

além de buracos, seguem causando transtornos diante de um crescente tráfego de veículos que utilizam a via diariamente.

Jornal Legal © 2019 - Todos os direitos reservados