Cruzamento sem semáforo leva risco a pedestres
Somente no mês de janeiro deste ano, dois atropelamentos foram registrados no local

12/02/2019

Paulo Medina

A ausência de semáforo para pedestres no cruzamento entre duas das avenidas mais movimentadas do Ouro Verde,

a Suaçuna e Jacaúna, no Jardim Aeroporto, tem sido um sério risco para pedestres.

Somente no mês de janeiro deste ano, dois atropelamentos foram registrados no local.


Diante da necessidade de semáforo para pedestres no trecho, o vereador Rodrigo da Farmadic (PP) fez um pedido junto

ao Executivo ano passado, um estudo técnico foi realizado por técnicos da Emdec (Empresa Municipal do Desenvolvimento

de Campinas) e concluíram que o cruzamento precisa realmente de semáforo.


Em meados de outubro do ano passado, a Emdec havia informado que em 90 dias instalaria a sinalização no local.

Entretanto, até agora o semáforo não foi instalado.
“Por volta de outubro, deram prazo de 90 dias para que fosse concluída a instalação. Mas esse prazo de 90 dias já foi vencido,

fiz um requerimento de informação cobrando explicação, inclusive falando que os acidentes podem ter ocorrido por conta da falta dessa sinalização. Mas esse requerimento só vai para a Emdec esta semana quando volta o recesso da Câmara e eles têm 15 dias pra me responder”, disse o parlamentar, que está cobrando a solução para o cruzamento.


Por pelo menos duas ocasiões, há anos atrás, o Jornal Legal, já havia feito a reclamação da falta de semáforo para pedestres

neste cruzamento, junto a Emdec, que  ignorou o pedido.
Questionada por nossa reportagem, a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) informou que o cruzamento

em questão (Suaçuna x Jacaúna) receberá revitalização da sinalização viária, que já está na programação de atividades da

Empresa. O local já conta com equipamento semafórico para veículos.

A Emdec finaliza os estudos técnicos de implantação de focos exclusivos para os pedestres. 
A empresa só não informou qual o prazo para esta implantação.

Cruzamento Acidentes.jpg

Jornal Legal © 2019 - Todos os direitos reservados