Marginais da Santos Dumont 'enroscam' e devem demorar ainda mais

Concessionária ainda realiza projeto executivo da obra e governo tem de fazer 

inclusão da obra em contrato de concessão

Paulo Medina

05/05/2019

As obras para a implantação de marginais na Rodovia Santos Dumont (SP-075), principal estrada de acesso ao distrito do Ouro Verde, devem demorar ainda mais para começar. Prevista para começar em 2015, a obra não saiu do papel.


A  Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo) informou ao Jornal Legal, que a obra de implantação de marginais

na SP-075 não é prevista no contrato de concessão da Colinas (Concessionária da Rodovia) e por determinação do governo

estadual foram iniciados estudos para a inclusão dessa intervenção no contrato. Essa foi a mesma justificativa usada pela Artesp

há um ano atrás.


“A concessionária está desenvolvendo o projeto executivo da obra, com previsão de entrega para o início do segundo semestre

deste ano. Após receber esses projetos, a Artesp irá submetê-los às suas áreas técnicas para aprovação ou solicitação de ajustes. Finalizadas essas análises e as avaliações administrativas e jurídicas, é iniciado o processo para inclusão da obra no contrato, com

a devida aprovação do Poder Concedente (Governo do Estado) informou o órgão sem citar mais prazos.


A obra tem custo estimado em R$ 558 milhões. As intervenções, quando ocorrerem, serão realizadas inicialmente na região do

Jardim Itatinga até o trevo de acesso ao Aeroporto Internacional de Viracopos. A entrega do trecho deveria ter ocorrido em 2017.
A Artesp chegou a dizer há um ano atrás que as obras seriam iniciadas em 60 dias após a formalização de um aditivo, previsto

para o segundo semestre de 2018.


Há cinco anos moradores do entorno da estrada querem esclarecimentos sobre as obras, mas não conseguem contato com as autoridades responsáveis. A construção das marginais é uma reivindicação da Comissão de Moradores desde 2007, especialmente por conta dos transtornos provocados pelo fluxo intenso de veículos na rodovia. 

Jornal Legal © 2019 - Todos os direitos reservados