Prefeitura montará “dengário” no Hospital Ouro Verde

Paulo Medina

22/12/2019

Em um contra-ataque a epidemia de dengue esperada em Campinas para 2020, podendo a chegar aos 65 mil casos de 2015, quando 15 pessoa morreram em decorrência da doença, a Prefeitura montará um “dengário” no Hospital Ouro Verde, além de outros três nos Hospitais Mário Gatti e nas UPAs Carlos Lourenço e Campo Grande. 


Os chamados “dengários” são locais com a finalidade exclusiva de atender pacientes com dengue e dispõe de cadeiras para hidratação.


A administração adquiriu de forma antecipada insumos como soro, cadeiras de hidratação e contratação de exames.

A estimativa é de 100 mil hemogramas. Os casos mais graves e de hidratação serão atendidos nos “dengários” e os

mais comuns nos centros de saúde.


O gasto de um infectado pelo Aedes aegypti para os cofres públicos é de 600 reais por dia.

Jornal Legal © 2020 - Todos os direitos reservados