top of page

Atualizado em - 05/06/2024

A Secretaria de Saúde de Campinas prorrogará até 28 de junho a campanha de vacinação contra a gripe. O Município segue orientação estabelecida pelo Estado de São Paulo, para ampliar o período de imunização.

Campinas tem 225,9 mil vacinados contra a gripe após dez semanas de campanha. Os imunizantes permanecem disponíveis nos 68 centros de saúde (CSs).

O número de doses representa cobertura geral de 41,83% entre idosos, gestantes, puérperas e crianças. A vacina é segura e neste ano protege contra as gripes A (H1N1 e H3N2) e B/Victoria.

Cobertura dos maiores grupos

  • Idosos – 45,30%

  • Crianças – 33,84%

  • Puérperas – 23,59%

  • Gestantes – 21,46%


"A cobertura ainda está abaixo do esperado e a vacina é a melhor forma de prevenir sintomas graves e mortes por gripe. Reforçamos o apelo para que a população receba a imunização, a dose é segura e eficaz", destacou a coordenadora do Programa de Imunização em Campinas, Chaúla Vizelli. Neste ano, a cidade já registrou dois óbitos pela doença.

Desde 2 de maio, todas as pessoas a partir de 6 meses de idade podem tomar a dose contra a gripe. Basta levar documento de identificação com foto e carteira de vacinação (se tiver). 

 

"A infecção pela gripe pode causar complicações como pneumonia, síndrome respiratória aguda grave e morte. A vacina tem o objetivo de evitar gravidade e óbitos", ressaltou a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), Andrea Von Zuben. Neste ano, Campinas já registrou 69 casos de síndrome respiratória aguda grave por influenza.

 

Mortes 

Este ano já foram 2 mortes, em 2023, Campinas teve 12 mortes por gripe e 167 casos de síndrome respiratória aguda grave por influenza.


As salas de vacinação atendem conforme horário de funcionamento de cada CS e detalhes estão na página https://vacina.campinas.sp.gov.br.

bottom of page